Postado em 26 de Setembro de 2016 às 09h37

Confira 10 dicas para tornar a alimentação das crianças mais saudável!

Alimentação (74)
Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! O hábito alimentar se forma durante a infância. Por isso, a introdução de novos alimentos deve ser estimulada nessa fase, com adequação à quantidade e qualidade...

O hábito alimentar se forma durante a infância. Por isso, a introdução de novos alimentos deve ser estimulada nessa fase, com adequação à quantidade e qualidade da alimentação das crianças.

Alimentos sem valor nutricional, como biscoitos, refrigerantes e salgadinhos, devem ser evitados ao máximo, pois não fornecem os nutrientes necessários para o crescimento das crianças. Além disso, podem elevar o risco de desenvolvimento de obesidade e complicações futuras, como diabetes e hipertensão arterial.

Confira 10 dicas para tornar a alimentação das crianças mais saudável:

1. Estimule o hábito de tomar café da manhã!

Essa é uma das refeições mais importantes do dia e deve conter todos os grupos de alimentos: carboidratos, como torradas e pães integrais; proteínas, como queijo branco ou leite; e reguladores, como frutas.

2. Ofereça pequenos lanches intermediários!

Como frutas ou vitaminas, para evitar períodos prolongados de jejum.

3. Estabeleça horários fixos para as refeições!
Mantenha uma rotina alimentar. O ideal é oferecer 6 refeições diárias, sendo: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia, se necessário.

4. Use a criatividade!
Monte pratos coloridos ou com desenhos para as crianças. Incentive a descoberta de novos sabores.

5. Evite oferecer líquidos junto com as refeições!
Assim a criança se sentirá saciada com uma pequena quantidade de alimentos.

6. Deve-se ter cuidado com a alimentação!
Crianças com alergia alimentar para que a ela supra as necessidades nutricionais e que a troca dos alimentos seja feita de maneira correta a fim de evitar deficiências nutricionais.

7. Ofereça frutas de sobremesa ao invés de doces!


8. Até o 6º mês de vida, a criança não precisa de outro alimento além do leite materno!

Também não é necessário oferecer água ou chá.

9. Ao iniciar a introdução de novos alimentos, evite batê-los no liquidificador!

O ideal é amassar com o garfo, pois assim o desenvolvimento da musculatura facial é estimulado.

10. Inclua verduras e legumes em todas as refeições!

Assim a criança irá se habituar a esses sabores.

Fonte: Vitafrux

Veja também

Saiba mais sobre a Febre amarela05/02 A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos......
O que é Dengue?24/02/16 A dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. O seu principal vetor de transmissão é o mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em......
Primeiros passos para Emagrecer com uma Reeducação Alimentar!10/04/17 A melhor maneira de emagrecer sem correr o risco de engordar novamente é fazer uma reeducação alimentar para poder comer de tudo, mas na medida certa, sem ter que recorrer a remédios para emagrecer ou cirurgia, alcançando......

Voltar para (NOTÍCIAS)