Postado em 27 de Novembro de 2015 às 10h37

Liliane Permann conta como fazer uma dieta detox para comecar bem o ano

Saúde (99)
Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! Eliminar as toxinas melhora o aspecto da pele e dos cabelos e aumenta a imunidade Nas festas de final de ano é normal se deixar levar pelo clima de confraternização e acabar abusando um...

Eliminar as toxinas melhora o aspecto da pele e dos cabelos e aumenta a imunidade
Nas festas de final de ano é normal se deixar levar pelo clima de confraternização e acabar abusando um pouco na comida. Não bastasse a fartura da época, também é muito comum abandonar os outros cuidados com a silhueta, como a pratica de exercícios físicos. Se você acha que escorregou demais na dieta, essa pode ser uma boa hora de investir no detox. “Esse momento é muito importante, não só para a estética, mas para a saúde, já que o fígado fica sobrecarregado”, explica a nutróloga Liliane Oppermann.

Não são apenas as guloseimas que tornam os dias de intoxicação interessantes para começar o ano mais leve e bonita, o álcool também tem seu consumo aumentado nas festas e pode deixar a expressão cansada. “Os abusos não vêm só das calorias dos salgados e doces, mas também dos alcoólicos. Eu acho importante esse momento detox porque a introdução dos alimentos certos vai acontecer concomitantemente com a retirada desses ditos prótox. Com a eliminação de toxinas a imunidade vai melhorar, assim como o aspecto da pele e dos cabelos. Existe um bem estar geral”, conta.

O que consumir
Você não precisa recorrer apenas às receitas prontas para a sua desintoxicação, de acordo com Liliane, o que vai realmente fazer a diferença é ter um cardápio balanceado e, de preferência, com opções orgânicas. Apesar de muita gente achar que as proteínas devem ser evitadas, é importante ingeri-las. “As proteínas boas, como o iogurte desnatado, são ótimas e eu sou contra a zero proteína. Outras opções são o tofu, grão de bico, lentilha, ervilha e quinua”, indica.
O que mais comer? Os cereais integrais, como a linhaça, e muitos vegetais folhosos. “Couve, brócolis e espinafre, e frutas como o limão, uva, melão e melancia, que são aquosas e ajudam a combater a retenção de líquidos pelo seu efeito diurético”, completa.

Tire do prato
Agora que você já sabe o que adicionar no menu, é preciso ficar atenta também ao que não ingerir durante o detox. “Não devem ser consumidos os embutidos, como apresuntados, linguiça e salame, alimentos com excesso de sódio, como as azeitonas e carnes salgadas, bebidas alcóolicas, ingredientes com muito corante, conservante e tudo que é muito industrializado”, diz.

Prepare!
Já que os dias estão quentes, que tal se refrescar com sucos detox? “Você deve escolher pelo menos quatro ingredientes da lista. A base que eu acho interessante é um chá, uma fruta e dois tipos de verduras”, aconselha a especialista, que dá a relação de opções:
Chás: verde, mate, cidreira, erva doce e boldo.
Frutas: maçã, pera, uvas verdes, kiwi e melão.
Vegetais: couve, espinafre, rúcula, pepino, cenoura, aipo e salsão.

Veja também

Por que consumir chás?01/04/16 As baixas temperaturas registradas no inverno fazem com que as pessoas procurem uma maneira de se aquecer e, o consumo de chás, é uma boa opção. O chá é uma das bebidas mais consumidas e mais antigas do mundo, sendo na literatura referido como uma das melhores fontes de compostos fenólicos. Os primeiros relatos de seu uso datam do século 27 a.C., sendo......
Por quê Consumir Produtos Naturais?18/07/16 Produtos Naturais são todos aqueles cultivados em um processo de agricultura natural, isto é, livres de agrotóxicos, sendo assim, esses alimentos não necessitam de nenhum componente químico, e são extremamente......
Depressão!21/06/16 A depressão é uma doença que afeta o estado físico e emocional. Há grande alteração no humor nos sentimentos e pensamentos. A depressão altera a maneira como a pessoa vê o mundo e sente a......

Voltar para (NOTÍCIAS)