Postado em 18 de Julho de 2018 às 10h08

Qual a importância do magnésio para quem pratica atividades físicas?

Boa Forma (67)
Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! O magnésio é de extrema importância para o nosso organismo, ele é responsável pelo funcionamento e equilíbrio das reações que ocorrem diariamente no...

O magnésio é de extrema importância para o nosso organismo, ele é responsável pelo funcionamento e equilíbrio das reações que ocorrem diariamente no nosso corpo. A carência desse mineral, prejudica e acarreta alterações na nossa saúde.

“O magnésio tem o poder de aumentar a atividade dos leucócitos (células de defesa) e fagocitose, destruição de micróbios, o que é um enorme aporte para a imunidade”, explica Maria Flavia Sgavioli, nutricionista da Estima Nutrição. Uma vez com deficiência do micronutriente, a defesa do organismo fica desestabilizada, deixando o indivíduo suscetível a gripes e outras patologias que consequentemente podem causar fadiga, cansaço, enjoo e perda de paladar e apetite.

Na corrida, sua falta pode ocasionar a câimbra: grande parte do magnésio é estocado nos tecidos, quando deficiente o músculo perde capacidade de relaxar em determinados momentos, causando uma contração muscular involuntária e dolorosa, conhecida como câimbra. “O magnésio tem responsabilidade de causar relaxamento de músculos e artérias. Uma vez que há quantidade insuficiente desse micronutriente, pode aumentar a pressão nos nervos, causando dormência e consequentemente formigamento”, afirma a nutricionista.

O magnésio também é indispensável para saúde óssea uma vez que quando em deficiência, há uma diminuição de osteoblastos (células do osso encarregadas de aumentar a densidade mineral óssea) e ainda aumenta a atividade de osteoclastos (células relacionadas a perda de massa óssea).

O magnésio (Mg) é o principal cátion intracelular com concentração livre no citosol, participando como co-fator em mais de 300 reações enzimáticas, como oxidação da glicose, podendo contribuir com a sensibilidade insulínica, sendo observado que quanto maior a ingestão menor a incidência de diabetes na população.

Em pacientes com doença coronariana, sabe-se que o magnésio exerce um papel importante na melhora da função endotelial, na supressão do espasmo coronário naqueles que apresentam angina e parece minimizar a trombose dependente de plaquetas. Estudos baseados em isquemia apontam para um possível efeito protetor do magnésio na perda auditiva, na preservação da função hepática e na perda neuronal. Entretanto, pouco se sabe sobre o papel deste íon no contexto da isquemia renal, bem como de suas repercussões.

Fonte: Amais e Webrun

Veja também

Para comer sem culpa: Benefícios do chocolate28/03/18 As pessoas fazem de tudo para evitar o consumo do chocolate, mas é uma tentação resistir a um pedacinho. Porém, tem também os chocólatras, estes sim, depois de um pedaço querem devorar a 'barra inteira'. A dica é manter o equilíbrio, além da substância trazer uma sensação de prazer e saciedade, ele também pode......
Saiba mais sobre a glutamina!18/02/19 A glutamina é um suplemento conhecido por ajudar a melhorar a imunidade, na recuperação e após o treino, além de outros benefícios. Parece uma boa aposta para corredores e outros praticantes de atividade......

Voltar para (NOTÍCIAS)