Postado em 23 de Outubro de 2017 às 11h04

Reclamar pode fazer muito mal para seu cérebro!

Bem-estar (48)

Pesquisas mostram que reclamações corriqueiras fazem mal não só para o clima ao seu redor como trazem malefícios para o cérebro e toda a saúde.

Falar sobre a falta de ânimo das segundas-feiras, a chuva ou o calor excessivo, o trânsito, pode até parecer um bom quebra-gelo para a conversa de elevador, mas estudos mostram que esses hábitos não são saudáveis. De acordo com o pesquisador Steven Parton, essa maneira de pensar pode influenciar toda a sua vida. Confira as descobertas:

Sinapses viciadas

Entre nossos neurônios existe um espaço vazio, normalmente ocupado por uma descarga química sempre que um pensamento é formado, a chamada sinapse. Para facilitar seu trabalho, o cérebro tende a nos “empurrar” conexões já formadas, encurtando o caminho dos pensamentos. Por isso, quando formamos um pensamento negativo, estamos gerando um banco de dados, que facilita a criação de mais pensamentos negativos.

Além disso, os pensamentos randômicos que seu cérebro costuma gerar (aqueles que surgem quando você está andando na rua, lavando uma louça ou executando qualquer atividade corriqueira) tendem a ser mais e mais negativos, conforme este banco for sendo alimentado.

Diga-me com quem andas...

Não são apenas os seus pensamentos negativos que te puxam para mais pensamentos negativos. Os pensamentos de seus amigos têm o mesmo poder sobre o seu cérebro.

Isso porque tendemos a simular para nós mesmos as experiências que nossos amigos estão compartilhando – também conhecidas como empatia. Por isso, se você quiser afastar-se dos pensamentos negativos, cerque-se de pessoas felizes.

Seu corpo também corre riscos

Não é só a estrutura mental que sofre as consequências do pensamento negativo, mas o corpo inteiro. A raiva é capaz de aumentar a pressão sanguínea, além de ampliar a probabilidade de desenvolver obesidade, diabetes, entre outras doenças. O culpado é o cortisol, conhecido como “hormônio do estresse”, responsável até mesmo por problemas relacionados à capacidade de aprender, queda no sistema imunológico e todas as outras doenças já citadas.

Por isso, vamos propor a você um desafio: a partir de agora, sempre que surgir um pensamento negativo, você tem a missão de buscar um viés positivo para a mesma situação.

É para o bem de sua saúde!

Fonte: Abbott

Veja também

Ter filhos prolonga a vida?09/08/17 Ter filhos prolonga a vida. Esta é a conclusão de um estudo sueco publicado no Journal of Epidemiology and Community Health em março deste ano. E os pais vivem mais tempo, uma boa notícia para os que comemoram o Dia dos Pais no próximo domingo, 13 de agosto. Segundo a pesquisa, as mulheres de 60 anos com filhos têm uma expectativa de vida mais longa, de 24,6 anos a mais......
Meditação pode ajudar na concentração de pessoas ansiosas08/06/17 Dez minutos diários de meditação podem melhorar o foco entre os pacientes com ansiedade, de acordo com um estudo publicado na revista Consciousness and Cognition. O estudo envolveu 82 pessoas com ansiedade. Os participantes foram......
8 atitudes para ser mais feliz e aumentar a autoestima23/08/17 Um dia você acorda e acha o cabelo feio, encana com seu sorriso e briga com as gordurinhas laterais. Isso quando não duvida da sua capacidade no trabalho. Calma aí! Esses são sinais típicos de que sua autoestima anda abalada......

Voltar para (NOTÍCIAS)