Postado em 19 de Março às 09h48

Saiba como prevenir-se do Coronavírus!

Bem-estar (51)Saúde (97)
Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! Com o aumento significativo de casos confirmados de Coronavírus, também houve um grande número de notícias e informações falsas sobre o assunto. Sendo assim,...

Com o aumento significativo de casos confirmados de Coronavírus, também houve um grande número de notícias e informações falsas sobre o assunto. Sendo assim, avaliamos todas as medidas de higiene e sugestões médicas e reunimos as principais recomendações para você se prevenir.

Os Coronavírus são uma grande família de vírus, os quais podem causar desde resfriados comuns até doenças respiratórias mais graves. Alguns são conhecidos como: Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS).

O novo coronavírus descoberto em dezembro de 2019 na China (SARS-CoV-2) é o agente causador da doenças pelo coronavírus 2019 (COVID-19).

A doença pelo Coronavírus é similar a uma “gripe” com sintomas comuns como: febre, tosse e/ou dificuldade para respirar. Alguns pacientes podem apresentar cansaço, dores no corpo, mal estar em geral, congestão e corrimento nasal, dor de garganta ou no peito.

Pessoas idosas e portadoras de certas condições crônicas como pressão alta, doenças cardiovasculares e diabetes têm maior risco de desenvolver a forma grave, o que acontece com 1 a cada 6 pessoas.

Caso você esteja com tosse, febre, e dificuldade para respirar, faça uso de máscara como forma de evitar o contágio alheio e procure um médico imediatamente. Após a consulta, é imprescindível que as orientações médicas sejam seguidas.

Evite lugares públicos ou mesmo de trabalho, buscando permanecer em casa até o desaparecimento dos sintomas, prevenindo a propagação do vírus.

A transmissão do Coronavírus é feita através do manuseio de objetos contaminados ou pessoas que possuam o vírus, por meio de tosse, espirro ou fala, mesmo que a pessoa não sinta os sintomas ainda. As gotículas podem ficar em móveis e objetos que a pessoa contaminada teve contato, por isso a importância de higienizar as mãos regularmente e usar álcool em gel.

Algumas medidas devem ser colocadas em prática imediatamente, tais como:

- Lavar cautelosamente as mãos com água e sabão, fazendo uso regular de álcool em gel 70%;
- Evite tocar nos olhos, boca e nariz com as mãos não higienizadas corretamente;
- Certifique-se de que as pessoas do seu convívio estão atentas às boas maneiras de higiene: cobrir boca e nariz com o antebraço ao espirrar ou tossir;
- Mantenha ambientes com ventilação constante e evite o compartilhamento de objetos pessoais como copos, garrafas, talheres para evitar a contaminação.

Sendo assim, com essas medidas de precaução, estaremos mais próximos de reduzir o risco e a manifestação do Coronavírus.

  • Dr. Bem Estar - Seu Portal de Saúde! -

Veja também

Riscos de consumir álcool na gravidez04/06/18 Estudo aponta escassez de evidências sobre possíveis danos fetais causados pelo baixo consumo de álcool por mulheres grávidas. Especialistas chamam a atenção para falta de pesquisas sobre o assunto. Ao mesmo tempo que há uma grande conscientização sobre a chamada síndrome do alcoolismo fetal – danos fetais em caso de ingestão de......
Mas afinal stress engorda ou emagrece?21/02/18 Uma nova dieta mais restrita, treinos intensos, insónias ou trabalhos por turnos — há vários motivos que podemos associar ao aumento de peso. E um dos mais comuns tem a ver com o stress. Estamos a falar do cortisol ou, se preferir,......
Ritos Tibetanos: exercícios físicos revitalizantes12/01/18 Muitos buscam um equilíbrio e uma sensação de paz no seu dia a dia, mas é bem provável que poucos consigam alcançar tal objetivo. Com o foco de promover saúde e vitalidade é que existem os ritos......

Voltar para (NOTÍCIAS)