Postado em 23 de Janeiro às 12h15

Saiba mais sobre o veganismo

Alimentação (79)

"No mundo de hoje, mais que em qualquer época anterior, os valores da paz, da não-violência, da justiça e da igualdade de direitos inspiram grande parte dos seres humanos. Ainda que a violência, a guerra, a injustiça e a desigualdade persistam, elas são cada vez menos vistas como a ordem natural das coisas, e cada vez mais denunciadas como violações de diretos fundamentais dos indivíduos. Entretanto, os seres humanos clamam pela não-violência, pela paz, solidariedade e direitos dos menos favorecidos, sem se darem conta de sua contribuição para a persistência desses males."

Gandhi ensinou que “devemos ser a mudança que queremos ver no mundo”. Não se pode pedir por não-violência, paz e justiça, e, ao mesmo tempo, promover a violência e a injustiça. Uma das formas mais graves e generalizadas de violência e injustiça é aquela à qual submetemos os animais não-humanos. Nesse sentido, não se pode falar em transformações positivas reais sem falar em veganismo.

Pessoas que adotam o veganismo em suas vidas, ao contrário do que muitos pensam, comem muito bem e de forma variada. Existem centenas de alimentos naturalmente veganos como arroz, feijão, legumes, hortaliças, castanhas, frutas e muitos outros. Há também pratos tradicionais que não têm nada de origem animal em suas receitas originais. É o caso de muitas receitas árabes, brasileiras, italianas, mediterrâneas e orientais.

Vegano – ou vegana –, é a pessoa que pratica o veganismo, não contribuindo para o sofrimento dos animais.

Com cada refeição, fazemos uma declaração sobre o tipo de mundo em que queremos viver. Ao escolher alimentos isentos de carne, você come por um mundo melhor, mais limpo e mais saudável.

Números preocupantes:

- 70 BILHÕES DE ANIMAIS TERRESTRES QUE SÃO MORTOS ANUALMENTE PARA CONSUMO HUMANO.

- 181 ANIMAIS MORTOS PELA PECUÁRIA BRASILEIRA EM APENAS UM SEGUNDO. 24 HORAS POR DIA.

- 70% DAS DOENÇAS MODERNAS SÃO DE ORIGEM ANIMAL E GRANDE PARTE DELAS LIGADAS À PECUÁRIA.

- 18% DAS EMISSÕES MUNDIAIS DE GASES DO EFEITO ESTUFA SÃO CAUSADOS PELA PECUÁRIA.

O trabalho de divulgação do veganismo, do vegetarianismo e dos direitos animais consiste em esclarecer sobre esse princípio e modo de vida, notadamente o que se refere à nutrição, à dieta vegetariana e à abolição da exploração animal.Os direitos animais são a base do veganismo. Não é possível falar em um, sem citar o outro. Os demais tópicos, como nutrição, benefícios à saúde e questões sócio-ambientais, são assuntos subsidiários que contribuem para sustentar e argumentar em favor do veganismo.

Elimine animais do seu prato com estas 4 dicas simples:

1 - Coma bem:

Há um mundo de alimentos deliciosos, reconfortantes e saudáveis sem carne, esperando por você. Comece a cozinhar sem carne hoje.

2 - Elimine a crueldade:

Infelizmente, a agricultura moderna não se parece em nada com as fazendas em livros infantis. Todos os anos, bilhões de animais vivem em confinamento extremo em fazendas industriais. E nos seus últimos momentos sentem o medo e estresse do matadouro.

e mude o mundo:

Poupe os animais: Cada vez que escolher substituir carne, ovos e laticínios com alimentos à base de plantas, você poupa os animais do sofrimento e do abate.

Salve o meio ambiente: A pecuária contribui mais para o aquecimento global do que todos os transportes do mundo. Os cientistas prevêem que às taxas de pesca actuais as populações de peixes dos oceanos podem entrar em colapso em 2050. Quase 80% das terras desmatadas na Amazônia é usada para pastagem de gado.
Cada vez que escolher não comer carne, você está ajudando a proteger o nosso planeta.

Proteja a sua saúde: De acordo com a Academia de Nutrição e Dietética, as pessoas que não comem carne:
- Menor peso corporal; - Menos doenças cardíacas; - Menos diabetes; - Tensão arterial mais reduzida; - Colesterol mais reduzido; - Baixa mortalidade global por doença.

3 - Permanecem fortes!

Alimente-se destes alimentos vegetais cheios de proteínas e ferro.
PROTEÍNAS: Feijões, lentilhas, nozes, “carnes” à base de plantas, tofu e grãos integrais são todos grandes fontes de proteína.

FERRO: Folhas verdes, feijão, lentilhas, tofu, nozes e sementes, frutos secos, cereais de café da manhã fortificados e pão integral são grandes fontes de ferro. Suplementos também estão disponíveis para as pessoas que deles necessitam.

4 - Dê o primeiro passo:

Comece com um: Quer se trate de comer alimentos vegetarianos um dia por semana ou a eliminação de um animal (como frango) de sua dieta, comece definindo uma meta alcançável e tente mantê-la.

Reinvente seus alimentos favoritos: Procure sugestões de receitas 'vegan + (sua refeição favorita)‘. Talvez possa também abastecer o seu frigorífico com versões não-animais das coisas que você gosta.

Faça-o com um amigo: Desafie um amigo para se livrar de carne consigo! Partilhar receitas e tentar novos alimentos juntos vai ser divertido e vocês vão poupar mais animais sendo dois.

Se perdoe se cometer um erro: Comer sem carne não quer dizer ser perfeito -- é fazer a diferença para os animais, meio ambiente e sua saúde. Orgulhe-se de cada escolha simpática que faz e não se desanime se cometer um deslize.

Se não tiver certeza, pergunteSair para jantar? Pergunte ao chef o que eles podem fazer sem carne, ovos e laticínios. Precisa de algum conselho? Encontre um grupo de vegetarianos e pergunte a outros. Quer mais informações? Aqui está um óptimo lugar para começar: SAIBA MAIS

Fonte: WhyVeg, Seja vegano e Sociedade Vegana

Veja também

Benefícios do Betacaroteno23/02/16 O betacaroteno constitui um pigmento natural e o mais abundante do grupo dos carotenóides, presente nos alimentos. É encontrado, especialmente, em vegetais e frutas de cor amarelo-alaranjada e em vegetais folhosos de cor verde-escura. Nestes, a cor natural do carotenóide é mascarada pela clorofila, presente nos cloroplastos. As funções biológicas do betacaroteno,......
Quer comer corretamente? Fique atenta à Cor do Prato!09/05/17 Você já reparou que na maioria dos restaurantes, bares, botecos e etc., os pratos sempre são brancos? Você pode até ter pensado “ah, é porque são mais baratos”, mas a verdade é que há um......
Benefícios do Colágeno!26/01 O colágeno é encontrado nos tecidos conjuntivos do corpo, tais como os ossos, tendões, cartilagens, veias, pele, dentes, bem como nos músculos e na camada córnea dos olhos. Porém, com o início da fase adulta, a......

Voltar para (NOTÍCIAS)